pontos de Exu

segunda-feira, 24 de março de 2014

Pomba gira Maria Quitéria


Homenagem á Pomba gira Maria Quitéria  
 realizada no 22-03-2014 

 
Com seus Mistérios, palavras Sinceras jeito e gestos cínico e sarcástico encantam a todos.

A esta Maravilhosa Pomba gira dedico meu Amor, meus Dias, minha Obediência, minha Fé e minha Vida.

Pois até hoje não existiu uma palavra dita por ela que não tenha sido Verdadeira.

Tem um Doce Perfume e Aparece como e quando ela Quer, enfeita meus Caminhos e fez de mim um Grande Aprendiz.


Mulher sem meias palavras, debochada, feiticeira, amiga daqueles que lhe são fiéis e vingativa. Maria Quitéria  é assim, faz parte de sua essência, quem não gosta melhor nem procurá-la, ela é o que é e não vai mudar, mas se precisar dela ela te ajuda !

Rainha soberana das encruzilhadas , não há quem não passe por uma, não há riquezas e tristezas que não fiquem nela. E não há caminhos a onde as encruzilhadas não levem.



Não importa o que faça, não vai conseguir agradar a todo mundo.
Então passe a agradar a si mesmo.
Fazendo isso quem realmente curte sua felicidade, vai curtir junto e quem critica? Bom! Esses você agora mesmo já pode colocá-los em seu devido lugar, que é nada mais e nada menos do que o completo “NADA" e longe de você.
E quem não gostar que se contente, não somos todos iguais.
Muita coisa nos desfere, mais a maior delas são as escolhas, uns escolhem as melhorias e coisas boas da vida e o que é grandioso e outros ao pequeno e mesquinho.
A escolha é sua!

As sombras da ignorância e da maldade, nunca atravessam a luz dos guardiões. 


SALVE  AS  FORÇAS DE MARIA QUITÉRIA













terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Uma grande diferença de Exu para Demônios.

    Sua associação com o diabo era evidente, afinal a Umbanda simplificava o culto dos exus, como "a esquerda" da Umbanda, automaticamente associado a tudo que fosse negativo, nefasto ou diabólico por assim dizer. Os exus então foram no culto de Umbanda colocados como guardiões dos trabalhos mágicos e protetores do Terreiro. Entretanto, para aqueles que permaneceram mais intimamente ligados ao culto de Kimbanda, percebiam que na verdade a exceção do fato de que exu representa uma força mágica e telúrica, ele também está mais próximo do ser humano e mais intimamente ligado aos problemas mundanos, ajudando na busca de soluções, limpezas de fluídos deletérios, quebras de demanda e até mesmo trabalhos de cura espiritual. Sim, exus podem curar com muita propriedade e conhecimento. Claro que o sincretismo religioso católico que atingiu os cultos afro-brasileiros também associaram rapidamente o exu ao diabo e porque não as diversas hostes infernais descritas nos antigos manuscritos ou grimórios da idade média. Pois bem, você não pode estudar a vida dos santos católicos e se dizer um entendido dos Orixás dos cultos em yoruba. Da mesma maneira que Lúcifer não é Exu Lúcifer e Astaroth não é o Exu Rei das 7 Encruzilhadas. Exus não convivem no mesmo plano vibracional que os demônios que nunca tiveram existência física. Logo não podem ser associados a eles. Da mesma maneira que os Bakisi(plural de Nkisi) ou Orixás vibram em outra escala vibracional e, portanto, ligados a um outra plano de existência. É como se por analogia considerássemos o planeta terra como uma cebola, com diversas camadas interpostas. As mais telúricas, mais próximas ao núcleo e as mais prânicas ou solares mais afastadas. Poderíamos até mesmo considerar que um ou outro exu seja versado na Goetia e na Magia Negra e que portanto, conheça a fórmula evocatória de determinado demônio. Mas, consideremos o seguinte, uma vez que os demônios, jamais tiveram existência física, e sua existência obedeça a um plano amoral, pois não estão ligados a nenhuma esfera física, os mesmos por não terem padrões de vícios do ego, podem agir de uma forma mais intensa, porém mais perigosa. Se você tem medos, incertezas, dúvidas, então você será rapidamente consumido pelo demônio que evocar, ao passo que se você tiver suficiente experiência e conhecimento das esferas e planos do oculto, bem como, das formas de energia que o circundam, plano astral, físico, telúrico, então você sendo um iniciado poderá dispor dessas energias como lhe aprouver com grande sucesso. Da mesma maneira que você pode evocar um anjo ou arcanjo protetor, você pode evocar um anjo exterminador. E se tiver o devido embasamento teórico e prático, poderá ter sucesso em seu trabalho mágico. Você não pode dizer que um exu ou um ser humano é mais ou menos evoluído que um demônio, pois estamos tratando de forças primárias, forças primordiais. Um Loa do Vodu não vibra na mesma esfera que um Orixá de Umbanda ou de Candomblé, nem é mais ou menos evoluído. Assim como Marte ou Ares não é mais nem menos evoluído que Ogum ou São Jorge. São coisas distintas, com formas distintas de trabalho. Se você quer realizar uma evocação da goétia então precisará conhecer o trabalho teúrgico ou de Alta Magia. Se você quer se trazer para si um Loa Trevoso da família dos Barões do Cemitério, então você deverá obedecer os fundamentos religiosos ou místicos da religião voduísta. Seria ridículo crer que vamos baixar São Sebastião no terreiro na gira de caboclos, como não vamos baixar Astaroth no corpo de algum médium que seguramente seria destruído por essa força. Os fundamentos do Candomblé são diferentes da Quimbanda e da Umbanda pois estes últimos tratam-se de um culto de eguns, e o candomblé de um culto a divindades ou Orixás.
Enfim, não se pode inventar a roda e nem se fazer as coisas porque achamos bonitinho. Não adianta traçarmos círculos mágicos no chão, tetragrama tons num culto de exus. O resultado de algum, passa a ser nenhum.
Se eu viesse a criar uma nova religião, culto ou o que for, precisaria antes obedecer a determinados critérios de religiões mais primitivas de onde essa nova se originou. Assim foi o catolicismo com relação as religiões pagãs, de onde muito foi absorvido e adaptado.
Mas, só para finalizar esse assunto, gostaria de dizer que não é a religião ou culto em si que é bom ou ruim, melhor ou pior que outro, e sim que o próprio homem é que transforma suas crenças aos moldes do seu gosto no inferno ou no paraíso que desejar. O que é bom para uns, pode não ser bom para outros. As pessoas assim como os planos de existência e entidades, também variam suas faixas vibratórias, culturas, conceitos, etc.
Tudo isso é completamente relevante na escolha de um caminho.

sábado, 7 de setembro de 2013

Exu Marabô

Mojuba, mojubai grande Exu Marabô.

Um dos Exus mais conhecidos por todos os espiritualistas, reconhecido por ser um compadre (apelido para Exu) que realmente realiza os problemas que são tratados com ele, é um "Exu de rua" (Termo que se da aos Exus que tem um trabalho mais voltado a negociações, dinheiro, trabalho e afins), mas também realiza qualquer outro tipo de trabalho, de acordo com a politica do terreiro, do zelador e do Exu chefe daquele terreiro. Todo e qualquer Exu serve a um ou mais Orixás, Marabô ou Baraba (Outro nome dado a está entidade) é um servo de Xango e também de Iemanjá, isso mesmo as Yabas (Orixás do sexo feminino também podem ter Exus e não apenas lebarás ou bombo giras). Algo que infelizmente ocorre em muitos terreiros é muitos médiuns  principalmente os conscientes (que não perdem os sentidos durante o transe da incorporação) é de querer receber esse Exu, só pelo nome, por puro egocentrismo e para se sobreporem sobre os outros médiuns, só que fique bem claro que devemos sempre ter amor pelo Exu que temos e não por outro apenas pela fama que precede o nome, e também o que ocorre é de algum outro Exu dar o seu nome como Marabô mas na verdade ser outro que utiliza o nome dessa falange, porque o que realmente importa é o nome no assentamento dele, o nome em Yourubá, que invoca de verdade está entidade e até mesmo uma terceira situação aonde o Exu é de uma outra linha parecida com a falange de Marabô, porque não existe apenas um Exu Marabô mas sim uma falange de vários espíritos com esse mesmo nome, que tem o trabalho semelhante, e por isso se identifica assim por uma afinidade. Citei esses casos porque este Exu é raríssimo e não é toda pessoa que incorpora ele, são muitos poucos os que tem ele e exercem um bom trabalho.
Gosta de cerveja assim como os demais, entretanto bebe também bom Whisky, gosta de fumar bons charutos, seu assentamento é sempre cheio de muito ferro, mais do que o normal, devido a ligação com a "rua", nas imagens é representado por um homem alto, careca, moreno, envolvo em uma capa e uma calça vermelha, e com uma barba preta, durante a incorporação assume comportamento brincalhão e respeitoso, muito  rigoroso com os acordos feitos, e exige muito de médium que deve ser muito preparado, ter um bom nível de conhecimento, pois não gosta de trabalhos mal feitos ou resolvidos, por isso é tão raro. É um Exu para tudo, quero dizer que trabalha tanto para o bem quanto para o mal, vai do médium, um grande chefe de legião, como cabritos, frangos e galos como os demais Exus, gosta de Padê e todo o tipo de comida dos compadres e  suas cores são o preto e vermelho.

O QUE É UMBANDA ?

O QUE É UMBANDA ? 


Sei que cada um possui seus próprios conceitos sobre o significado da umbanda, mas pretendo apenas expor  alguns deles para enriquecerem nossos conhecimentos.

Segundo a enciclopédia Wikipédia : Umbanda é uma religião formada dentro da cultura religiosa brasileira que sincretiza vários elementos, inclusive de outras religiões como o catolicismo, o espiritismo, as religiões afro-brasileiras e a religiosidade indígena. A palavra umbanda deriva de m'banda, que em quimbundo significa "sacerdote" ou "curandeiro". Os conceitos aqui relatados podem diferir em alguns tópicos por se tratar de uma visão generalista e enciclopédica. Por se tratar de um conjunto religioso com várias ramificações, as informações aqui expostas buscam informar aos leitores da forma mais abrangente possível e sem discriminação ou preconceitos, pois todas as "umbandas" têm suas razões de existir e de serem cultuadas.


Na obra ´´Doutrina e Teologia de Umbanda Sagrada" do mestre Rubens Saraceni a Umbanda é fundamentada pelos espíritos incorporantes que conquistam a mente e o coração das pessoas, por meio do auxílio espiritual.
Por vontade dos seus mentores, a Umbanda incorporou os nomes iorubas das divindades, sua teogonia (conjunto de divindades de um povo), sua teofania (aparição ou revelação da divindade), sua cosmogonia (teoria da fundação do mundo) e sua androgenesia (ciência que estuda o desenvolvimento físico e moral da espécie humana), unificando todo o universo religioso umbandista. 
Temos na Umbanda conhecimentos herdados das muitas nações africanas, os quais podemos verificar até nos nomes das linhas de trabalhos dos pretos-velhos: Congo, Angola, Guiné, Keto, Cambinda, Conga, Mina...
Temos também o conhecimento religioso dos índios. 
Erês - na maioria são seres encantados, manipuladores naturais de energias elementares. Têm o poder de mexer com a psique dos médiuns e descontraí-los, aliviando seus subconscientes dos problemas do dia-a-dia. 
Exu - abre caminho para que este universo magístico se manifeste com segurança.
Diversidade de nomes - um Orixá sendo cultuado por diversos nomes. 
Mais tudo tem sua origem no mistério Trono de Deus!

Sete Tronos de Deus (Mistérios de Deus):

· Trono da Fé; 
· Trono do Amor; 
· Trono do Conhecimento; 
· Trono da Justiça; 
· Trono da Lei; 
· Trono da Evolução; 
· Trono da Geração. 

A cada renovação religiosa e surgimento de uma nova religião, os sete tronos Divinos renovam os nomes dos membros de suas hierarquias, porque aquelas que alcançaram um grau e um poder multidimensional tanto podem ascender para graus celestiais (extraplanetários) quanto podem optar pela humanização do seu mistério individual e fundar uma nova religião na dimensão humana, como podem optar por espiritualizar-se e trazer consigo sua hierarquia pessoal, cujos membros encarnarão e acelerarão a evolução humana. 
Humanizar-se é dar feições humanas às suas qualidades Divinas. 
Espiritualizar-se é nascer para a carne e ascender em espírito aos níveis excelsos da faixa vibratória celestial, na qual atuará com Luminar da Humanidade. (Continua...)

Texto extraído do livro "Doutrina e Teologia de Umbanda Sagrada" de Rubens Saraceni.


Umbanda e uma religião espirita, porque estar fundamentada na manifestação dos espíritos para a caridade. (Caboclo das Sete Encruzilhadas)


Para outros A Umbanda é uma religião, pois tem um conjunto de crenças e doutrina para se explicar as manifestações divinas, a justiça divina, o espírito e sua imortalidade, o ser humano. Enfim é um conjunto de fundamentos e crenças que religam o homem ao sagrado, a Deus. A Umbanda acredita na força da natureza, na força de seus elementos e na sua energia. 

É uma religião brasileira, já que nasceu (ou como querem alguns, renasceu) no Brasil, e tem sob seus fundamentos a essência da história e da cultura brasileira. Foi a manifestação do Caboclo da Sete Encruzilhadas em seu médium Zélio de Moraes em Niterói que marcou oficialmente o início da Umbanda.

Já a Definição Clássica do que é Umbanda, foi aprovada na II CONVENÇÃO NACIONAL DA UMBANDA, realizada pelo CONSELHO NACIONAL DELIBERATIVO DA UMBANDA E DOS CULTOS AFROS - CONDU/RJ, em 25/28 de agosto de 1.978, que é a seguinte: “UMBANDA é uma manifestação Divina, Culto de caráter Místico Religioso, projetado no Plano Astral do Brasil, com fundamento na Caridade. Uma vibração de Amor, trazidas pelas Entidades Espirituais

HISTÓRIA DO EXU TIRIRI

HISTÓRIA DO EXU TIRIRI 

SALVE SR TIRIRI

O texto aqui descrito e de pesquisa de livros e do próprio universo da internet. A história dos Exus Tiriris serão descritas em tópicos abaixo, mas colocarei alguns de suas principais funções que habita em seu mistério.

Como sabemos, existem muitos ( Exu Tiriri ) com suas divisões de acordo com a sua atuação, mas não quer dizer que ele não atue em outros campos, assim como existem exus que recebem suas oferendas em encruzilhadas, principalmente as de terras, o mesmo pode também receber em estradas de ferro, podem solicitar suas oferendas em outros lugares tais como pedreiras, cachoeiras, campo aberto dependendo da sua necessidade de trabalho, pois alguns exus carregam consigo o mistério sétuplos. Exu trabalha com a natureza e a natureza estar em todo o lugar. 

O Mistério do Exu Tiriri atua nas sete irradiações divinas, da mesma forma que os Mistérios "Sete" (Sete Catacumbas, Sete Caveiras, Sete Encruzilhadas, Sete Aços, Sete Trevas, Sete Fogareiro etc.) e, portanto, atua vitalizando a ordem e a retidão nos sete sentidos da vida, abrindo os caminhos daqueles que são merecedores dessa dádiva, podendo realizam Curas de todos os Males vindo a combater todas as Formas de Vingança. Seu poder é sobre a solidão, esperança, planejamento, meditação e saúde. 

Os Guardiões (TIRIRI) atuam nas vibrações dos verbos-função "quebrador", "devolvedor" e "retornador", assim como, são grandes especialistas em demandas e quebra de magias negras. 

Tiriri é considerado o "Senhor da vidência" ou aquele que vê mais além.



EXU TIRIRI DA CALUNGA



O Guardião Tiriri da Calunga e de grande força, atuar em despachar trabalhos nas encruzilhadas, matas, rios, cemitérios etc. Sobre sua caracteristicas físicas apresenta-se com grandes traços orientais, anda de preto, com um gato preto ou um gato sianês, possui cabelos lisos como de japonês preso como rabo de cavalo, possui uma capa preta e vermelha, usa bengala ou um bastão na sua mão. Ele vem na Linha de Oxalá. (Conforme alguns estudiosos).

   

Seu Tiriri é um exu rebelde, de acordo com as "lendas" ele se apaixonou pela filha de um rei, e o mesmo sabendo disto, o aprisionou numa torre!

   

Mesmo sendo rebelde, ele também é um exu bastante sedutor, chama atenção de homens, crianças e hipnotiza as mulheres!

  

Tiriri é considerado o "Senhor da vidência" ou aquele que vê mais além, por isto é um dos mais evocados em casos relacionados com adivinhação através de búzios, principalmente no Candomblé.

  

Dependendo do tipo de Tiriri dependerá do tipo de Pombagira que o acompanha nos trabalhos. A parceira de cada exú se evidencia nas zimbas (pontos riscados), as quais são antigos símbolos, os quais representam o lugar onde vive o exú, seu nome e sua parceira como temas principais, também se podem ler nas mesmas partes da vida terrena deste exú. Os pontos riscados são a firme evidência de que o que está escrito nada pode mudar isto se aplica também ao nome do exú, sua vida, moradia e parceira, nestes cultos os pontos riscados ou firmeza espiritual equivalem a Ifá para os cultos iorubá. Lamentavelmente, nem todos se capacitam no estudo dos símbolos sagrados e por isso muitas vezes somos tidos de que os assentamentos de Exú onde lhe dá nomes que não os pertence ou às vezes de uma parceira que não lhe corresponde. Isto traz como conseqüência que a pessoa que recebe a dita entidade, com o tempo acaba deixando desse templo, para buscar algum onde na realidade reconheça seu nome ou parceira.

  

Escudo Fluídico - Esta entidade obedece à força deste escudo fluídico riscado com pemba roxa com um vértice ou ponta para o cardeal LESTE ou NORTE. O pano sobre o qual deve ser riscado deve ser de cor cinza-clara, cortado em forma triangular. Leva velas ímpares para pedidos de ordem puramente espiritual, ao longo da linha de saída que corta o dito triângulo e para pedido ordem material, com velas pares dentro do triângulo. Aceita álcool ou aguardente em copo de barro e charutos em prato de barro, acesos de lumes para fora, em leque. Aceita qualquer espécie de flores miúdas de tonalidades pardo-escura, etc., junto com galhos de vassourinha-branca por cima e ao redor de sua oferenda. Estas oferendas devem ser feitas às quartas-feiras, entre nove horas e meia-noite, sempre numa encruzilhada de quatro saídas ou caminhos, nos campos, capoeiras, etc., e nunca nas de ruas.

  

Seu poder é: sobre a solidão, esperança, planejamento, meditação e saúde.  




EXU TIRIRI DAS SETE ENCRUZILHADAS



O Exu Tiriri das 7 Encruzilhadas alguns estudioso afirmam que em uma de suas "Lendas" diz que ele viveu na Irlanda no século XVI, como mero camponês, era moço formoso e Humilde, cometeu o grave pecado de se apaixonar por uma bela Jovem, filha do senhor feudal do condado, seu amor impossível, foi causa de sua desgraça, levando-o a masmorra por vários anos, onde convivia com a fome, tortura e todo o tipo de degradação humana.

 

Sua convivência com a Dor, a Peste, a Cólera, a Lepra, a Tuberculose e outros males o fez ao mesmo tempo Caridoso e Revoltado, por tanta Dor e Sofrimento.



Hoje Exu que vem na Linha da Magia Branca, trabalhar para as Curas de todos os Males e combater todas as Formas de Vingança.

 


 
EXU TIRIRI DAS ALMAS
 

Hoje quero falar de um grandioso mistério de Deus, o Mistério Exu Tiriri.
Sem a intenção de estabelecer verdades, mas com a intenção de que cada vez mais possamos cultuá-lo e conhecê-lo.

Os conhecimentos que compartilho, é o pouco do conhecimento que me foram permitidos receber através dos trabalhos espirituais e do contato com esse mistério de Deus.

O Mistério Tiriri é um mistério originado no Trono da esquerda da Lei, trabalhando na vibração de Ogum, portanto sua vibração original é a da vitalização da irradiação da Lei e da Ordem.

Porém, o Mistério Tiriri é um mistério que atua nas sete irradiações divinas, da mesma forma que os Mistérios "Sete" (Sete Catacumbas, Sete Caveiras, Sete Encruzilhadas, etc.) e, portanto, atua vitalizando a ordem e a retidão nos sete sentidos da vida.

Os Guardiões Tiriri atuam, principalmente, nas vibrações dos verbos-função "quebrador", "devolvedor" e "retornador", assim como, em grande parte dos casos são grandes especialistas em demandas e quebra de magias negativas.

Como atuam na esquerda da Lei, atuam também abrindo os caminhos daqueles que são merecedores dessa dádiva.

Muitos espíritos trabalhadores na Umbanda dentro da linha da esquerda carregam em seu nome oculto esse mistério.

Os guardiões que trabalham dentro desse mistério, atuam nos consulentes buscando ordenar seus negativismos, abrindo os caminhos e quebrando demandas quando permitidas pela Lei e, muitas vezes, devolvendo-os aos seus "donos".

Quando Tiriri se apresenta é por que a Lei já ordenou o fim de uma ação negativa.

Os exus que trabalham dentro desse mistério recebem suas oferendas nas encruzilhadas, principalmente as de terra e as das estradas de ferro, mas como mistérios sétuplos, podem solicitar suas oferendas em uma pedreira, cachoeira, campo aberto dependendo da sua necessidade de trabalho.

Salve o Mistério Devolvedor-Retornador de Exu Tiriri.
Salve o Mistério Quebrador de Exu Tiriri.
Salve o Mistério Abridor de Exu Tiriri!

Humildemente me reverencio ao Mistério Exu Tiriri e peço-lhe Sua Benção, Seu Amparo Divino e a Proteção de Todas as Suas Forças.

(Texto retirado da net.)
 


MENSAGEM DO EXU TIRIRI MENINO



Dialogo do livro o Retorno de um adolescente



Vocês têm ligação com o Diabo?



Rindo, seu Tiriri diz:



O mal está dentro de cada um que vive na sua terra. Cabe a vocês distingui-los, trabalhando para combatê-lo. Não adianta você está dentro de uma igreja, centro ou qualquer templo, invocar o nome de Deus, e logo ao sair deste, agir com maldade para com seu semelhante. Muitos na terra seriam Exú, por viverem com o coração cheio de maldades.

Vêem nos pedir para fazer o mal, e eu te pergunto? Quem é o Diabo.



Acho que se deve contar e a fé. A essência que purifica e perfuma o coração dando a vida.

Alguns vivem a nos massacrar, por gostarmos de beber e fumar, quando deveriam verificar o trabalho realizado. Tantos em outros credos não bebem, não fumam, mas enganam e enrolam os humildes e carentes na fé.



Eu tenho certeza que meu trabalho é muito bem feito e copiado por tantos, vocês dificilmente irão ver um espírita criticar e atacar qualquer religião, porque aprendem a respeitar a liberdade de credo.



Antes de se atacar a religião por alguma coisa errada, deve-se procurar ver o caráter de quem a dirige. De falsos pastores a sua terra está cheia, tornando-se o grande inferno.



Somos massacrados por imagens e nomes que são puras palavras.

Pensem:



Quantos na terra receberam de seus pais nomes de santo e agem unicamente a serviço do mal.

A maldade existe não vinda conosco e sim com pessoas impuras e superficiais. Se um médium tem bom coração este jamais irá carregar um espírito sem luz a serviço do mal.

Alguns Dirigentes de credos diferentes, mas obviamente ligados a Deus, criticam se achando os donos da verdade por lerem a palavra de Deus, criticam imagens criadas pela mão do homem se esquecendo que a Bíblia também é feita pela mão do homem e hoje já se encontra dividida por credos, acho que Deus deixou uma única escritura. Será que eles mesmos agem por intermédio dela. Procure observá-los no dia a dia e não somente em dias de reuniões. Será que a palavra de Deus ensina seus filhos a impor ou ridicularizar, mesmo quando foi traído por Judas este sentiu piedade e amor. O perdoando.



Quem sabe estes são impulsionados com fanatismo e por esses espíritos sem luz que dizem vir dos Espíritas Umbandistas, ou do Candomblé.

Os que criticam geralmente passaram pelo espiritismo desejando algo que jamais mereceram.



Hoje enganando vão acumulando seus seguidores vão emprestando bens para impressionar e chamar mais e mais fiéis.



Eu recebo em minha casa várias pessoas também revoltadas e enganadas em seus credos, mais de que adianta brigar quando um dia de tudo tem que se prestar conta.

Espíritas não atacam, são atacados.



Alguns em seus credos atacam julgando-se melhores.

Jesus não atacou e foi castigado.

Quem é quem?



Os espíritas verdadeiros são serenos e evangelizados, não precisam defender-se, já que Deus é nosso juiz, auxiliado pelo nosso supremo advogado – O divino Mestre Jesus Cristo, no tribunal celestial.



Lembrem-se constantemente.

A vida tem seu começo, meio e fim para todos…




Este exú de serventia das Crianças trabalha cortando correntes passionais, de falsidade, traições e vencem demandas que alteram a paz interior; desmancham trabalhos onde se usa animais sacrificados e combatem os quiumbas que queiram se passar por Exu Mirim, fato muito normal em algumas casas de "santo". Seu corpo astral os permite se infiltrar por onde muitos não conseguem, muito respeitados em face de sua aparência, pois realizam verdadeiros "milagres" quando invocados, eu escrevi invocados - COITADOS DAQUELES QUE EVOCAM EXU!






SALVE TODOS TIRIRI (S) 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Exu Pimenta

 Exu Pimenta



Exu bastante emergente no movimento atual de Umbanda, suas falanges crescem a cada dia, aumentando e solidificando seu poder de abrangência e atuação. De personalidade forte e irreverente, possui uma língua deveras afiada, sempre pronto a salpicar-nos as verdades que teimamos em esconder. Carismático e sedutor, contudo, sua palavra tem o poder de atingir-nos sem machucar, de conscientizar-nos sem nos reduzir a auto-estima. Em resumo, ele tem o dom de falar na lata o que não queremos ouvir e a gente ainda agradece.


Viveu na Europa entre 1420 e 1480 mais ou menos, estabelecendo-se em Portugal, muito embora, acredito, não tenha nascido nesse país. Enriqueceu como comerciante, usando de seu raciocínio rápido e habilidades retóricas. Passou, assim, a fazer parte da nobreza, frequentando a corte, período em que constituiu carmas relativos ao uso desvirtuado do dinheiro e do poder adquiridos. Segundo ele: “Errei, penei, aprendi, compreendi, me transformei e venci. Hoje trabalho, sem reclamar, ajudando idiotas como aquele que eu fui”


Sr. Pimenta é um Exu ligado, essencialmente, ao elemento fogo. Os outros Exus costumam chama-lo de “O Ardido”. Essa ligação com a energia ígnea, dizem, associa-o ao Orixá Xangô, mas pessoalmente desconheço se essa afirmação é procedente. Um de seus parceiros inseparáveis é o Sr. Exu Pinga Fogo, a quem atribui o destino daqueles que pertencem as trevas  vencidos, orgulhosos,  e rejeitam suas ofertas de paz. Também se associa aos demais Exus do fogo, como Sr. Exu Brasa, Sr. Exu Bará, entre outros.
Para realizar seu ofício de guardião, utiliza-se de armas diversas, a exemplo dos muitos e afiados punhais que carrega ocultos por trás de seu fraque bordô. Quando em demanda, apresenta-se acompanhado de enormes cães negros, nada amigáveis, semelhantes a rottweilers, mas de olhos vermelhos como o fogo.
Duas coisas irritam sobremaneira Sr. Exu Pimenta: falta de respeito com os Exus por parte de nós encarnados e espíritos das trevas que utilizam o nome Exu para arriarem em terreiros. Não gosta de brincadeiras e pode se tornar verbalmente muito agressivo se defrontado com algum tipo de desrespeito. Quanto aos falsos Exus, costuma ser implacável e demonstra prazer ao derrubá-los.

Não obstante essa personalidade forte, e suas alterações de humor a depender do teor dos trabalhos que realiza Sr. Pimenta é, de maneira geral, um espírito muito alegre e irreverente. Tanto que quando chega ao Terreiro, através da incorporação, a primeira coisa que faz é, invariavelmente, abrir um longo sorriso.

Exu Pimenta: especializado na elaboração da química e dos filtros de amor. Dá o verdadeiro segredo do pó que transforma metais. É reconhecido quando incorpora por um forte cheiro de pimenta que exala.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

YLE AXÊ


TRABALHOS ESPIRITUAIS toda sexta -feira
HORÁRIO DAS  20:00 AS 23:00  São Paulo
: Parque Belém        endereço    
próx : á AV ; DEPUTADO CANTÍDIO SAMPAIO:
TRAVESSA FANNI BIAS N°13 (mapa)